POR QUE PENSAR POLÍTICA?

Uma pessoa de bom coração, uma fé autêntica, que nunca é cômoda nem individualista, comporta sempre um desejo de mudar o mundo, transmitir valores e deixar a terra um pouco melhor depois da nossa passagem por ela.

Mas para que isso possa acontecer dentro da política, falta algo muito importante e que não se fala pq se pensa que é uma atitude reservada às instituições religiosas: Exercício à caridade. Não a caridade de dar de esmola aqui ou ali pra se ver livre do pedinte, e pensar que ajudou alguém, não. Mas caridade no sentido bíblico da palavra: falta-nos AMOR.

Se pela justiça e do direito eu dou ao outro o que é dele, pela caridade, pelo amor eu dou ao outro o que é meu, eu dou de mim.

Papa Francisco, num discurso nos desafia dizendo algo muito importante sobre a política:

Por mais difícil que seja ouvirmos isso, por conta do descrédito em relação à política, nesse mundo a melhor maneira de exercermos a caridade é pela política. A justiça é exercida pelo direito, a caridade é exercida pela política!

Porque a política deveria levar ao outro muito mais do que a ele pertence.

Situações que nós infelizmente não vemos acontecer na política porque dificilmente não se faz política por amor. Se faz por interesse.

Nós temos grupos e pessoas que fazem política por amor, mas não tem o mandato. Fazem a verdadeira e correta política fora dos organismos institucionais da maneira que podem dando o seu tempo, dando aquilo que não tem para si próprios para outras pessoas. Por outro lado, temos, na política popularmente conhecida, uma situação inversa que é aqueles que exercem a política com mandato e não conseguem fazer porque na maioria das vezes as políticas públicas não foram feitas para o próximo, mas as políticas públicas são feitas para beneficiar partidos, grupos ou organizações.

Estou nessa caminhada por amor e convicção, por entender que mudanças são necessárias e possíveis, tenho força e coragem para fazer a boa política sem negar minhas convicções e valores.

Se você pensa assim como eu, te convido a estar comigo.

Vamos juntos promover a esperança.

© 2020 por PEDRO STEIN sobre PENSAR POLÍTICA